Contatos: (11) 3142-9676 / 3257-8717 / WhatsApp: (11) 97485-5700 - Seg. à Sex. das 09h00 às 22h00 e Sáb. das 09h00 às 18h00.


VirtualDJ 7: Muito mais do que você imagina!

Tão popular entre amadores quanto rejeitado por profissionais, o VirtualDJ é a principal porta de entrada na discotecagem para muitos DJs. Foi a minha, por exemplo.

Conheci o programa há seis anos e foi ali que comecei a entender o que fazia um dj, o que era mixar uma música, o que era um sample, efeitos, etc. Posso dizer que foi meu primeiro passo.

Desde então não utilizei mais o software, mas quando me deparei com a nova versão percebi que estava tudo igual, com a mesma cara, porém seguindo as novas tendências tecnológicas apresentadas em outros softwares.

Um pouco sobre o VDJ

A interface simples, facilidade na escolha das músicas, sincronização visual, efeitos e samples “na mão” fazem do VirtualDJ a melhor opção para quem quer ingressar no mundo dos DJs.

Para adicionar uma música ao Deck, basta arrastá-la para os discos. Para sincronizá-la com outra musica basta acionar a tecla Sync. Você também pode fazer Loops à partir de um ponto de início e outro de final ou utilizar os compassos pré-definidos.

Efeitos e samples estão no deck, você pode escolher um para cada deck e alterá-lo a hora que quiser ou pode acessar a interface própria, uma de efeitos e outra de samples, para definir parâmetros mais específicos ou para ter maior quantidade à disposição.  Também é possível gravar seu set de forma rápida.

É possível também marcar pontos da música com Cue, alterar o Bpm, visualizar o Bpm exato, utilizar o mixer de 3 bandas, simular scratchs, sincronizar vídeos… E isso é só uma introdução, tem muito mais!

O que há de novo?

Como eu não usei as últimas versões, pesquisei na internet em sites de reviews (que deram bastante importância para a atualização) e no site do fabricante quais as novidades da versão 7, além de ter testado pessoalmente. Então ai vai:

–       Jeff Mills: É Possível trabalhar com até 99 decks diferentes. Claro, você provavelmente não vai usar, mas é possível criar um remix com vários loops de várias músicas em minutos e exercer sua criatividade de forma intuitiva.

–       Rewire: O protocolo Rewire também faz parte do update, o que quer dizer que você pode controlar o Ableton Live e o Reason, por exemplo, através dos decks do VDJ.

–       Line-in Inputs: Se você  quiser trabalhar com áudio de hardwares ou instrumentos também é Possível com o VDJ 7, basta ligá-lo na placa de som e adicioná-lo a um deck.

–       Precisão e qualidade: A simulação de scratchs é boa (melhor que de vários CDJs) e a ferramenta Master Tempo funciona muito bem quando se altera o Bpm consideravelmente.

–       Organização: Você pode criar pastas, sub-pastas, favoritos, enfim, é possível alterar pastas de seu HD de dentro do próprio software, basta clicar com o botão direito do mouse.

–       Controladores Midi: Além de termos controladores desenvolvidos exclusivamente para o VDJ, como é o caso dos tudo-em-um da Numark (no post, o Mixtrack Pro e o iDJ3), podemos utilizar mais de 80 controladores pré mapeados para o VDJ. Todos os principais controladores do mercado, se não mapeados, podem ter seu mapeamento feito de forma individual, mas você vai ter que achar um bem obscuro para precisar fazer isso…

Dica: todas as configurações podem ser feitas através do botão Config, no canto superior direito do software.

Legal! Onde eu acho?

Você pode comprá-lo no site oficial ou fazer um download gratuito, mas tem algumas limitações, como não poder usar controladores midi. O software é para Mac e PC.

Para finalizar, um post nosso sobre o VDJ 5 feito em 2007, um vídeo bacana e uma consideração final: Nós não trabalhamos com o VDJ aqui na DJBan e fazemos os posts para propagar informação de qualidade. Confira nossos cursos e nossa loja virtual.

Já que você chegou até aqui, espero que tenha gostado do mini-review e sugiro que pesquise em nosso site outros softwares, controladores e informações sobre o universo dos DJs e da produção musical, há muita informação.

A DJ Ban é uma empresa fundada em 2001 e sediada em São Paulo. Entre as áreas de atuação estão cursos, loja, TV, estúdios para treino e gravação de sets, palestras, locação de equipamentos, eventos, e outras atividades ligadas a música eletrônica.

Compartilhe este post:



Pesquise no Blog:



Categorias do Blog



Conheça a Ban em um minuto






Promoo Curso Ableton Online - Compre e concorra a um estudio