Contatos: (11) 3142-9676 / 3257-8717 / WhatsApp: (11) 97485-5700 - Seg. à Sex. das 09h00 às 22h00 e Sáb. das 09h00 às 18h00.


Tudo o que você precisa saber para fazer um hit

maiden-england-841Todos nós já ouvimos hits que podem ser considerados “clássicos atemporais”. Quer se trate de um de hip hop, um clássico do rock ou uma balada dos anos 80, essas músicas compartilham algumas características essenciais que garantem o topo das paradas dos próximos anos.

Apesar de existir alguns softwares que medem a porcentagem de uma música virar ou não um hit, infelizmente,  não há uma regra concreta para isso já que cada música é diferente da outra (cada vez menos mas ainda diferente), de qualquer maneira, segue aqui está uma lista de alguns dos recursos essenciais para se fazer um hit.

1 – A música deve ser interessante

Começando com o óbvio, um álbum de sucesso deve ter uma grande canção, mas, acima de tudo, a melodia tem que ser forte pois é isso que fará o ouvinte amar sua canção. Além disso, groove e uma boa letra, daquelas que ficam marcadas na cabeça (leia aqui sobre os famosos vermes de ouvido) são essenciais por isso, lembre-se: um grande hit precisa de repetição.

Você pode aplicar as melhores técnicas de produção possíveis mas, se sua música for fraca vai afundar sem deixar vestígios; portanto, analise bem e ouça a opinião de seus fãs e amigos antes de lançar uma música!

O site Music Xray possui um programa que analisa suas músicas e ainda divulga oportunidades interessantes para enviar produções, vale a pena conferir.

2 – Um vocal forte

Ter um vocal profundo e eficaz é a grande chave para o verdadeiro hit.  Se você tem uma música de qualidade e um(a) vocalista forte para cantar a melodia, certamente você pode estar com o bilhete premiado para a criação de um disco de sucesso. (leia aqui sobre a música e a fala)

Um grande vocal não precisa necessariamente ser tecnicamente competente, tem mais a ver com a forma como uma cantora ou cantor interpretam a emoção na canção, ou seja, como irão transmitir a mensagem das letras. De qualquer maneira, tome cuidado com o autotune e as ferramentas de edição, lembre-se que tudo ao excesso faz mal.

3- Um arranjo criativo

Depois da música e do vocal, você precisa se certificar de que seu hit tem um arranjo forte. Isso envolve o uso da estrutura certa e garantir que cada seção da música é interessante para o ouvinte.

Isso é possível conseguir adicionando instrumentos extras, intercalando a melodia, mudando o padrão da bateria ou da clave.

4 – Uma música bem produzida

Embora haja exemplos de canções de sucesso que não foram muito bem produzidas, a maioria dos grandes hits atemporais soam excelente e são muito bem feitos!

Um disco bem produzido pode não garantir sucesso, mas se a equalização e a masterização estiverem bem-feitas, certamente adicionarão uma nova dimensão para o seu som e lhe farão ganhar muitos pontos.

5 – O fator timing.

Mesmo com todos os fatores anteriores corretos, se a faixa soar igual a tendência que já passou, e os músicos ou membros da banda também, o álbum pode não decolar como você gostaria.

Há de saber quando um olhar ‘retrô’ é tendência e quando já está fora de moda, lembre-se que assim como na moda, a música também é cíclica, por isso, há de estar atento e saber quando é o melhor momento para lançar sua música.

É necessário entender não somente sobre os hits do passado, mas também de todos os acontecimentos em geral.

Sempre haverá canções que se tornam grandes hits sem explicação. É fácil encontrar algumas músicas com vocais e melodias fracas que grudam na cabeça. No entanto, a maioria dos grandes hits atemporais contêm todos os fatores deste artigo.

Mariana Verzaro É idealizadora da Círculo Produções e do blog Mverzaro, produtora musical, manager de DJs, cursa pós graduação em musicoterapia e procura entender melhor o cérebro. Multitask ou melhor multiloca, Mariana já foi dona de loja, garçonete, DJ, assistente de faturação e cobrança, vendedora, professora de comunicação, design de moda e fotografia de universidade, webdesigner, fotógrafa, produtora de eventos, especialista em logística de piloto e dona de Club. Ama teorias de conspiração, ser do contra e escrever.

É idealizadora da Círculo Produções (http://www.circuloproducoes.com), produtora musical, manager de djs, cursa pós graduação em musicoterapia e procura entender melhor o cérebro. Multitask ou melhor multiloca, Mariana já foi dona de loja, garçonete, Dj, assistente de faturação e cobrança, vendedora, professora de comunicação, design de moda e fotografia de universidade, webdesigner, fotógrafa, produtora de eventos, especialista em logística de piloto e dona de Club. Ama teorias de conspiração, ser do contra e escrever.

Compartilhe este post:



Pesquise no Blog:



Categorias do Blog



Conheça a Ban em um minuto






Promoo Curso Ableton Online - Compre e concorra a um estudio