HomeTecnologiaSTEMS é apresentado pela Native Instruments como novo formato de áudio para DJs

STEMS é apresentado pela Native Instruments como novo formato de áudio para DJs

Neste ano o Winter Music Conference em Miami foi palco da apresentação de algumas das novidades da Native Instruments. Além dos controladores Kontrol D2, o CTO e presidente da empresa Mate Galic apresentou um novo formato de áudio denominado STEMS.

Os equipamentos de DJ e softwares tem avançado a passos largos nos últimos anos, mas já os formatos de música digital nem tanto. A Native Instruments visa corrigir isso com o Stems, um formato de arquivo livre e aberto feito sob medida para a pista de um DJ. Estas faixas irão reproduzir como de costume na maioria dos aplicativos e equipamentos de música, mas o software Traktor irá permitir controlar de forma independente por exemplo, o baixo, bateria, melodia e vocais. Você poderá tirar o vocal se você não quer que ele toque durante uma transição, por exemplo, ou aplicar efeitos para a batida sem tocar qualquer outra coisa.

Muitos usuários já estão acostumados com algo do tipo, utilizando o Remix Deck, mas o Stem trata-se de uma única waveform, e não um arquivo zip com samples como no formato anterior.

djban-emc-Stems-01

Se esta tecnologia irá pegar não podemos afirmar, mas é verdade de que este formato já tem um grande apoio da indústria desde o seu primeiro dia, pois grandes lojas como Beatport, Juno e Traxsource irão vender arquivos STEM, assim como selos de grandes artistas como Hypercolour (Groove Armada e Maya Jane Coles) e Toolroom Records (Mark Knight, UMEK) estão apostando o peso de seus nomes por trás dele.

Esta nova tecnologia segundo a apresentação, deverá chegar aos poucos a partir de Junho/2015, mesmo tempo em que a nova Kontrol D2 e, como de costume, o Traktor terá disponível uma nova atualização para este produto, sendo então necessário atualizar para a versão 2.7.4 para fazer uso das novidades.

Como funciona?

djban-emc-Stems-03

Trata-se de um formato de áudio multi-track que permite DJs e músicos ao vivo incorporar partes individuais de uma faixa em seus sets.

Será possível fazer o bounce de conjuntos de uma track durante a produção, dividindo em 4 partes diferentes (bateria, bassline, vocais e instrumentos em geral, por exemplo), e criar o arquivo final utilizando a ferramenta “Stem Creator” que deverá estar disponível em Junho deste ano, juntamente com um website especial, totalmente dedicado as informações aos usuários, informações técnicas, tutoriais, código-fonte, e etc.

A tecnologia funciona usando o formato MP4 como recipiente para armazenar os quatro componentes em um único arquivo, o que significa que ele pode ser executado como um arquivo MP3 normal usando players de áudio padrão, ou no caso do Traktor, dividido em partes individuais usando o software e hardware com este suporte.

Como a tecnologia que envolve o STEM está aberta, isso deverá ajudá-lo a fazer um pouco mais de sucesso.

djban-emc-Stems-02

Facebook Comments

Por:

DJ Will Deep é professor e coordenador dos cursos de DJ da Ban. Também é representante da Native Instruments no Brasil.