Cat Dealers

“Scars” é o primeiro lançamento de 2021 do Cat Dealers

Cat Dealers divulga seu primeiro lançamento de 2021, a faixa “Scars”, disponível pela Sony Music Brasil e Armada Music nas plataformas digitais no dia 22 de janeiro. A inédita track, produzida pelos irmãos cariocas, dá continuidade na nova sonoridade orientada ao progressivo em que estão trabalhando.

“Depois desses meses complicados, estamos animados para começar esse novo ano com uma música que temos tanto carinho. Mal podemos esperar o dia em que veremos o resultado nas pistas”, contam os amigos do Cat Dealers.

“Scars” chega após “Save Me Now” e o remix de “Stand By You”, de DubVision e Pontifexx, os dois últimos lançamentos da dupla em 2020. A primeira track, disponibilizada em novembro, iniciou a parceria internacional com a label holandesa de Armin van Buuren, a Armada Music.

Pensando em uma nova maneira de entregar conteúdo de música eletrônica, Cat Dealers desenvolveu um projeto de masterclass. O primeiro episódio foi gravado com Guz Zanotto para revelar o passo a passo da criação da faixa “Save Me Now”, que ultrapassou 2.5 milhões de plays em menos de dois meses de lançamento.

A segunda parte (“Save Me Now” Edição Mix e Master) saiu na última quarta-feira (20) e conta com participação do engenheiro de som da dupla, o DJ e produtor brasileiro FTampa. A série de vídeos é lançada pelo YouTube do Cat Dealers.

Ouça “Scars”, que ainda ganhou um filtro no Instagram, e acompanhe os próximos passos de Cat Dealers.

"Scars" é o primeiro lançamento de 2021 do Cat Dealers Armada Music, Cat dealers, scars, sony music brasil

 

 

 

 

 

 

 

 

Sobre o Cat Dealers:

Há cerca de sete meses, um projeto “misterioso” surgiu no cenário do low bpm brasileiro. A ideia apareceu inicialmente de modo tímido, em uma track ali quase que escondida no Soundcloud – o remix de Oração do duo.

Todavia, o que veio em seguida foi um verdadeiro gamechanger para o projeto: a track “Your Body”, que com maestria revitalizou o conhecido vocal de “Tom Novy”, aliou características do deep, do nu disco e também do brazillian bass, sem deixar de expressar baixos (o tal do bass!) e drums característicos, que mostrariam ser, mais tarde, a assinatura (ou identidade) musical dos dois produtores.

A qualidade dessa produção logo chamou atenção para o talento da dupla – que recebeu, no inicio, destaque em vários portais de música eletrônica. O que chamou muito a atenção dos fãs nessa fase foi justamente o fato da identidade dos artistas ser secreta. Comumente perguntava-se: “Quem são os Cat Dealers?”.

A trajetoria deles não para por aí – com poucos meses de projeto, “Your Body” era uma track de presença certa nas melhores festas de música eletrônica. O estilo da dupla foi amadurecendo, havendo naturalmente o convite para produção em colaboração com grandes nomes, como Alok, Vintage Culture, Gabriel Boni, e muitos outros. Os “gatos” produziram, para citar um destaque, um remix internacional oficial para o gigante ZHU, junto a Kiko Franco.

Em se falando de gigs ao vivo, os Cat Dealers também tiram de letra. Desde março, eles já fizeram mais de 60 shows por todas as regiões do Brasil, incluindo Green Valley, Park.Art, Federal Music, entre outros grandes eventos, e ainda têm cerca de 50 shows marcados até o final do ano, incluindo o Ultra Music Festival.

Eles se chamam Lugui (Luiz Guilherme) e Pedrão (Pedro Henrique), são irmãos, têm 19 e 25 anos respectivamente, e moram na Gávea, no Rio de Janeiro.

Os meninos conheceram um de seus managers, Felipe Senne, por meio do famoso curso de produção musical “Make Music Now” – e inicialmente tinham um projeto de EDM chamado “Moshe” – muitos talvez não lembrem ou, até mesmo, nunca tenham feito essa ligação/associação, mas o projeto teve até certo destaque, chamando atenção de big players como Marcelo Cic e conseguindo tracks muito bem rankeadas no DemoDrop (plataforma de streaming e download de áudio mais voltada ao público de DJs e produtores).

Já nessa época ficava claro o talento dos meninos na produção de música eletrônica. Veja o vídeo onde eles mostram a cara:

Pois bem, sendo satisfeita nossa curiosidade sobre a identidade da dupla, nos resta o questionamento: porque eles decidiram, a essa altura, revelar quem são?

Oxe…. (sic) – essa resposta e muitas outras curiosidades virão na próxima edição impressa da House Mag, na qual os meninos revelam detalhes de como tudo começou, como eram suas vidas e o que mudou após o “estouro”, além de falarem de suas influências e de seus modos de produção. Não perca!

Fonte HOUSEMAG em: 26/09/2016

Instagra

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meu Carrinho

Siga-nos


Assine nossa newsletter

E fique por dentro de nossas novidades e promoções

    Formas de Pagamento
    Formas de Pagamento