HomeTecnologiaReloop Jockey 3: Review em vídeo

Reloop Jockey 3: Review em vídeo

Controlador MIDI apresentado na feira NAMM no começo do ano, o Jockey 3, da empresa alemã Reloop, foi eleito pelo site DJ TechTools como o melhor controlador da NAMM.

Construído inteiramente de metal, com botões e discos emborrachados, o produto possui uma interface com boa disposição de funções e bem iluminada por LEDs vermelhos.

O Jockey 3 vem com dois jog wheels grandes, com sensibilidade ajustável individualmente. Conta também com mixer de dois canais (com 3 bandas de frequência cada), deck de efeitos, Loop manual e automático, pitch bend e 8 Hot Cues.

O controlador, como de costume, possui ferramentas para navegação, seleção e carregamento de músicas, acima do mixer.

Desenvolvido para o Traktor Pro 2, o equipamento controla 4 decks, que podem ser selecionados através de uma alavanca (pois conta apenas com dois decks de controle).

 

Ele tem placa de som embutida, com qualidade 24 bit/96 kHz, duas entradas phono/line, entrada para microfone, duas saídas para fone de ouvido e ainda saídas Booth e duas saídas Master (uma P10 e outra RCA). Há ainda uma conexão Master Thru, por onde pode ser conectado outro controlador.

O mixer pode ser utilizado sem computador, com CDJs, toca discos ou qualquer equipamento com saída de áudio, devido às entradas analógicas do Jockey 3.

O vídeo abaixo está no site da Reloop e demonstra o que o controlador pode fazer:

O site DJ TechTools, um dos maiores em cobertura de equipamentos e técnicas de discotecagem, preparou um review em vídeo (em inglês) e um pequeno texto sobre o Jockey 3.

O controlador foi bastante elogiado de uma forma geral, pelo design, qualidade dos materiais, saídas e entradas de áudio, possibilidade de utilização sem o computador e as principais funções bem dispostas em sua interface.

O maior problema apontado foi a sensibilidade dos pratos, que não respondem bem (scratchs nem pensar) se ajustados para pouca sensibilidade, mas com muita chegam até a parar a música antes das mão encostarem nele. Isso porque os jog wheels funcionam através da detecção de eletricidade em nosso corpo.

Confira o vídeo-review abaixo e tire suas próprias conclusões:

Facebook Comments

Por:

A DJ Ban é uma empresa fundada em 2001 e sediada em São Paulo. Entre as áreas de atuação estão cursos, loja, TV, estúdios para treino e gravação de sets, palestras, locação de equipamentos, eventos, e outras atividades ligadas a música eletrônica.

  • Boa noite! Achei sensacional essa controladora! Onde consigo trazer uma controladora dessas no Brasil ou sabem se existe algum importador independente que traga uma para mim? Obrigado!

  • a unica coisa que me incomoda nesses controladores de hoje, é o tamanho… ta certo que o foco é criar algo que oferece uma boa portabilidade (algo que caiba na mochila, junto com o note, fone e uns cabos) mas você acaba tendo que operar de forma “cirurgica”, sem muito espaço pra performances mais agressivas e tal… mas ta blz. O futuro é dos controladores…

  • Meu Cada vez Mais eles estão inovando esse é mais prático e leve sem falar da “M-AUDIO” que pesa um pouquinho em .. Esse bem bakana ..