Contatos: (11) 3142-9676 / 3257-8717 / WhatsApp: (11) 97485-5700 - Seg. à Sex. das 09h00 às 22h00 e Sáb. das 09h00 às 18h00.


Entrevista com DJ Murphy, brasuca reconhecido mundialmente

DJ Murphy é uma unanimidade quando o assunto é Techno. Profissional desde o início dos anos 1990, foi residente de alguns dos melhores clubs nacionais, como A Loca, Lov.e, Manga Rosa, D-edge e Clash, além de ter tocado em mega eventos pelo Brasil e pelo mundo.

Mundialmente reconhecido por sua técnica fora de série com os toca discos, chega a ser engraçado procurar por comentários sobre suas gigs em outros países. “Uma lenda”, “nunca vi nada igual” e “quando você volta?” são alguns dos mais frequentes.

Na nossa mini entrevista, Murphy nos contou que está decepcionado com a cena nacional. Veja abaixo o porquê:

O que pensa da cena eletrônica brasileira atual?

Vejo super comercial, com um monte de gente dizendo que é DJ e fazendo fake sets e fake lives com pitch marcado ou com o Ableton diretamente com o arranjo já pronto desde casa, tudo mixado!

O que sente de diferença tocando lá fora e no Brasil? E dentro do Brasil, há muita diferença dependendo da região?

Fora do Brasil as pessoas gostam de Techno e não aceitam esse tipo de música comercial que invadiu os clubs brasileiros. Uma pena, pois a cena no Brasil havia começado bem, com muita qualidade e hoje é isso! Dentro do Brasil ainda existem alguns poucos clubs que investem em algo de qualidade em sua programação, mas é cada vez mais difícil de se ver! Acredito que São Paulo é ainda onde se tem mais qualidade músical nos clubs dentro do Brasil.

Como você vê a chegada em um ritmo tão acelerado de novos DJs e produtores?

Qualidade quase zero, hoje basta ter um computador, internet e ser amigo do dono do club ou do promoter pra sair por aí tocando e dizendo que é DJ!

Para você o que define um bom DJ?

Pesquisa, repertório, técnica e bagagem músical!

Qual seu set up atual para discotecar? E para produzir?

Serato (Vinyl Mode), 2 toca discos, iPad e mais um DNHC1000 Denon. Com o Serato em rewire com o Ableton adiciono um Akai APC40.

Que conselhos pode deixar para nossos alunos, que estão começando agora a discotecar e produzir?

Para discotecar tem que ter muita dedicação, pesquisar e não comprar apenas o top 10 das lojas online. É preciso ter um estilo próprio de discotecar. Já para produzir vá testando e experimentando. Sempre tem algum amigo que pode ajudar com o Ableton, por exemplo.

Quer saber mais sobre o DJ Murphy? Você pode seguí-lo no Facebook, ouvir suas produções no Myspace e assistir a alguns vídeos incríveis no Youtube.

O vídeo é de uma das suas apresentações para milhares de pessoas no festival Monegros. A partir dos 4:05 a brincadeira começa…

E essa é em Madri, no ano passado. Quebrando tudo!

A DJ Ban é uma empresa fundada em 2001 e sediada em São Paulo. Entre as áreas de atuação estão cursos, loja, TV, estúdios para treino e gravação de sets, palestras, locação de equipamentos, eventos, e outras atividades ligadas a música eletrônica.

Compartilhe este post:



Pesquise no Blog:



Categorias do Blog



Conheça a Ban em um minuto






Promoo Curso Ableton Online - Compre e concorra a um estudio