Contatos: (11) 3142-9676 / 3257-8717 / WhatsApp: (11) 97485-5700 - Seg. à Sex. das 09h00 às 22h00 e Sáb. das 09h00 às 18h00.


Sabe aquela música que não sai da sua cabeça?

earwormVocê já ouviu falar de Earworms ou vermes de ouvido?

Sim, parece que os vermes de ouvido estão sempre presente em nossas vidas, mas afinal, o que são eles?

Sabe aquela música que você ouve somente uma vez mas que parece que fica na sua cabeça eternamente? Aquela música que basta você pensar em pensar nela que ela volta na sua mente mais forte do que nunca? Pois essa música é um  “Earworm – Verme de ouvido”.

Pode ficar tranquilo, você não está sozinho, isso acontece com todos nós, e tem até explicação científica.

No momento em que ouvimos uma música, ela ativa o córtex auditivo. Se a música já nos é familiar, ela faz com que nosso cérebro automaticamente preencha o resto e faz com que se repita durante muito tempo

O termo “Earworm” (tradução de ohrwurm em alemão) foi usado pela primeira vez em 1980 e ficou popularizado por “James Kellaris”, pesquisador de Marketing da Universidade de Cincinnati, mas o conceito da ideia já é bem antigo.

Em 1920, o compositor Nicholas Slonimsky inventou deliberadamente formas ou frases musicais  que pudessem fisgar a mente e força-la à imitação e repetição. Em 1876 “Mark Twain” escreveu um conto (Punch, Brothers, punch) no qual o narrador se vê indefeso diante de algumas “rimas bem cadenciadas”, dois dias depois, o narrador encontra um velho amigo, um pastor, e inadvertidamente o “infecta” com a música…

Os “Earworms” costumam ser esteriotipados e invariáveis, tendem a ter uma certa expectativa de vida, atuando a todo vapor durante horas ou dias e depois desaparecendo, com excecão de alguns espasmos residuais.  Uma das principais causas de ficar preso com uma canção na cabeça é a exposição. O fato bizarro é que mesmo o mais ínfimo fragmento de uma canção já é suficiente para te deixar preso a ela por dias! Alguém assobiando porcaria, um carro com o som ligado, uma loja que você visita, os vermes de ouvido estão por todas as partes.

Muitos produtores musicais usam técnicas para criar o “Earworm” perfeito, são muito utilizados por empresas em suas propagandas, um grande exemplo disso é o comercial da Nissan,  “póneis malditos” criou um furor na internet e um “earworm” eterno a todos nos.

Mas calma, parece que nem tudo esta perdido, o site Earwurm criou um guia para os “Earworms”, lá você pode apreciar o “earworm” do dia, conhecer mais sobre sua historia, compartilhar músicas e ver dicas de como “exorcizar” e acabar com os “Earworms” da sua mente; algumas dicas são comer bala de canela, ouvir a música inteira várias vezes até ela sair da mente, ouvir outras músicas ou beber alchol; enfim, boa sorte com seu verme de ouvido.

Vale lembrar também que nem todos os vermes de ouvido são horripilantes, algumas músicas são maravilhosas e  por isso, segue abaixo meu atual “verme de ouvido” a música “you” do projeto “Attik” é linda!

E pra vc? Qual o seu atual verme de ouvido? Ou qual é aquele verme de ouvido que te atormenta desde sempre?

Mariana Verzaro É idealizadora da Círculo Produções, produtora musical, manager de DJs, cursa pós graduação em musicoterapia e procura entender melhor o cérebro. Multitask ou melhor multiloca, Mariana já foi dona de loja, garçonete, DJ, assistente de faturação e cobrança, vendedora, professora de comunicação, design de moda e fotografia de universidade, webdesigner, fotógrafa, produtora de eventos, especialista em logística de piloto e dona de Club. Ama teorias de conspiração, ser do contra e escrever.

É idealizadora da Círculo Produções (http://www.circuloproducoes.com), produtora musical, manager de djs, cursa pós graduação em musicoterapia e procura entender melhor o cérebro. Multitask ou melhor multiloca, Mariana já foi dona de loja, garçonete, Dj, assistente de faturação e cobrança, vendedora, professora de comunicação, design de moda e fotografia de universidade, webdesigner, fotógrafa, produtora de eventos, especialista em logística de piloto e dona de Club. Ama teorias de conspiração, ser do contra e escrever.

Compartilhe este post:



Pesquise no Blog:



Categorias do Blog



Conheça a Ban em um minuto






Promoo Curso Ableton Online - Compre e concorra a um estudio