Contatos: (11) 3142-9676 / 3257-8717 / WhatsApp: (11) 97485-5700 - Seg. à Sex. das 09h00 às 22h00 e Sáb. das 09h00 às 18h00.


Pioneer lança CDJ 350. Conheça os detalhes!

Saiu na feira de áudio Musikmesse o novos lançamentos da Pioneer, CDJ 350 e Mixer DJM350.

A tecnologia de “multi players”, como estão sendo chamados, está a todo vapor e o novo modelo chega pra substituir o CDJ 400. Confira no vídeo os principais recursos do CDJ 350:

Pioneer CDJ 350

  • Multi reprodução de formatos de mídias
  • RekordBox: software de gerenciamento de música incluídos 
  • Função BEAT visual ilustra a posição de batida de uma música e do ponto de reprodução 
  • Auto Beat Loop e Hot Loop
  • Compatível com softwares (MIDI)
  • Função Playlist: Enquanto uma música está tocando, os usuários podem imediatamente selecionar a próxima música que será tocada 
  • Auto BPM LOCK encontra o ritmo das músicas simplesmente ajustando a velocidade para o BPM MASTER para cada player.

Muitos recursos são semelhantes aos encontrados no CDJ 400, mas algumas coisas foram implementadas, outras retiradas. A função Playlist possibilita a criação de listas de músicas, que podem estar em um CD ou pen drive, e que serão tocadas na ordem escolhida automaticamente.

Já o BPM Lock é uma tecnologia que vem gerando polêmica. Através dele, é possível estipular um bpm master para os CDJs e assim sincronizar as músicas. Ou seja, não é preciso saber sincronizar duas música pra tocar com o CDJ 350. O que não quer dizer nada, tendo em vista que o que se espera de um DJ vai mais além do que acertar o bpm (como repertório, técnica, improvisação, feeling da pista, etc). Se você não entendeu como funciona o BPM Lock, dê uma olhada no vídeo abaixo:

O equipamento aceita, em CD-R/RW e dispositivos via USB, os formatos MP3, AAC, WAV e AIFF. Um outro recurso interessante, mas não essencial, é o rekordbox ™, tecnologia da Pioneer que permite manipular os arquivos em um computador, para a seleção de música rapidamente quando reproduzidas em leitores compatíveis com o Pioneer.

Sobre o que ficou de fora em relação ao CDJ 400, destacam-se a iluminação dos Jog Wheels, a ausência dos efeitos (que sinceramente não deve deixar muita saudade, já que os efeitos dos mixers estão cada vez melhores), a ausência da saída óptica digital (também não fará falta para a maioria dos DJs, uma vez que era preciso um mixer compatível, como o DJM 800) e a função Reverse. 

Alguns DJs comentam que a leitura de arquivos via USB é mais rápida no CDJ 350 do que no CDJ 400 e inclusive já constatamos isso em testes, mas a informação não é oficial. 

Outras características incluem: 

  • Sistema anti vibração utilizando Arquitetura Shock-Proof Memory3 e flutuante
  • Quatro níveis de configurações de tempo limite de variação máxima do tempo de uma música (± 6%, ± 10%, ± 16% e WIDE)
  • Resumo de  função: permite remover um disco e retomar a reprodução no mesmo ponto quando o disco for recarregado
  • A memória flash e discos rígidos que podem ser conectados via USB formatado em uma das seguintes opções: FAT12, FAT16, FAT32, ou HFS +.
  • Batidas por minuto (BPM) indica que o ritmo de uma canção numericamente

O CDJ 350 está à venda em nossa Loja Vip DJBan (clique para ver), para entrega imediata em todo Brasil.

Siga-nos no Twitter e Facebook e receba nossas atualizações diárias.

 

DJ profissional desde 1989, radialista e locutor, é fundador e diretor da DJ Ban – Electronic Music Center.

Compartilhe este post:



Pesquise no Blog:



Categorias do Blog



Conheça a Ban em um minuto






Promoo Curso Ableton Online - Compre e concorra a um estudio