Coletivo Brazilian Disco Club lança sua terceira compilação ˆL_, arcade fighters, Beerlover, Brazilian Disco Club, Club Soda, Coletivo, compilação, Danno, DeltaFoxx, Kamei, KATHERINA, Kruzader, Ledhead, Mind Movies, Morr, Nascii, Palinoia, Play'Til, Rafael Hysper, RafaHell, Real Deal, Rico, SeixlacK

Coletivo Brazilian Disco Club lança sua terceira compilação

O Brazilian Disco Club, coletivo festeiro que produz house e disco music, comemora seus três anos de vida em grande estilo, lançando sua terceira coletânea: “Brazilian Disco Club – Compilation Vol. 3”. A compilação conta com 20 artistas nacionais, de diversos estados e gêneros, além de um francês, sempre com batidas 4×4. Os convidados Rico, SeixlacK, ˆL_, Nascii, DeltaFoxx, Beerlover, Kruzader, Mind Movies, RafaHell, Danno, KATHERINA e Morr se juntam aos seis integrantes do coletivo: Rafael Hysper, Club Soda, Arcade Fighters, Palinoia, Real Deal e Kamei, além de uma faixa do produtor brasileiro Ledhead, em parceria com o francês Play’Til, somando um total de 19 músicas.

A compilação reuniu novos e experientes artistas, com faixas criativas e bem elaboradas, promovendo o que há de melhor e intrigante no cenário atual do Brasil. Todas as músicas estão disponíveis com download gratuito e ótimas para qualquer ambiente seja na pista, no carro ou no trabalho, com muita diversidade e cheias de alma e talento.

O Brazilian Disco Club, ou BDC para os íntimos, é um coletivo de DJs e produtores musicais formado em 2012 na cidade de São Paulo, que têm em comum a paixão pelo movimento french touch, iniciado em Paris nos anos 90, que deu origem a uma efervescente nova cena na house music, catapultando para o estrelato nomes como Daft Punk, Cassius, Air, Bob Sinclair, David Guetta, entre outros. Além disso, o coletivo comemora três anos, agora em setembro.

O conceito era juntar um grupo de pessoas e disseminar a nova house music em geral, passeando pelas influências da disco music, p-funk, chicago house e chegando ao nu-disco, neo-synth e indie dance. Divulgando pelo Brasil novas músicas, coletâneas, mixtapes, projetos e festas, mas sem camisa de força, não importando se é da França ou da Itália, da Inglaterra ou da Austrália, da Alemanha ou de Sumaré, ou de qualquer outro canto do planeta, sempre embalados por samplers dos anos 70 e 80, linhas de baixo deliciosas, vocais, muito groove, bounce e filtros.

Meu Carrinho

Siga-nos


Assine nossa newsletter

E fique por dentro de nossas novidades e promoções

Formas de Pagamento
Formas de Pagamento