2º Mês da Música Eletrônica: 11 Dicas para escrever biografias de DJs e Produtores bio, biografias, dicas, redação, Releases

2º Mês da Música Eletrônica: 11 Dicas para escrever biografias de DJs e Produtores

Trabalho com marketing desde os tempos da faculdade, mas acho que tenho alma de jornalista desde sempre. Escrever é fácil pra mim, redação era minha matéria favorita. Já tive blogs, meu feed de notícias conta com mais de 30 inscrições diferentes em sites para me manter atualizada e escrevi releases de vários artistas, como Electrixx, Loko, Pe & Ban, etc

Mas não é todo mundo que tem essa facilidade para escrever. Por isso o blog da rede social Just Go Music escreveu uma matéria com algumas dicas para você, DJ iniciante ou não, que quer fazer a sua bio por conta própria e não sabe por onde começar.

  1. Escreva uma bio curta e uma longa
    Nos tempos de hoje é necessário. A versão curta fica para você postar em redes sociais e pode ter no máximo 250 palavras.
    A versão longa, com até 700 palavras (pode-se ter mais caso sua carreira seja muito longa) fica para website, e deve ser enviada para promoters e produtores de eventos.
  2. Defina sua missão
    Antes de começar a escrever a sua bio defina qual a sua missão como DJ, o que te move a seguir o caminho, e os principais fatos da sua carreira. Como você fará isso antes de começar o texto corrido da sua bio, você pode definir tudo em tópicos e unir tudo depois.
    Exemplo: “Sou o DJ XYZ, moro em São Paulo, nasci em 1980, fui residente no club XYZ, toquei nas festas 1, 2 e 3” e por aí vai.
    Isso te ajudará imediatamente a reconhecer o que você tem de mais importante na sua historia.
  3. Escreva na terceira pessoa
    Por mais estranho que possa parecer, você precisa escrever na terceira pessoa. Somente amadores falam sobre sua carreira em primeira pessoa nas bios.
  4. Liste somente as influências que podem ser ouvidas em suas músicas
    Muitos artistas se consideram ecléticos, mas nem por isso você precisa listar todos os estilos musicais que influenciam seu trabalho.  Liste somente os estilos que podem ser facilmente identificados nas suas músicas e que realmente influenciam seu trabalho.
  5. Saiba quando enfeitar o pavão e quando ficar quieto
    É realmente difícil para um DJ iniciante quando ser humilde e quando se engrandecer. Uma dica é engrandecer os pequenos feitos e não enfeitar tanto as grandes realizações. Isso fará com que você mantenha um equilíbrio sobre o seu próprio trabalho.
  6. Na dúvida relate fatos e deixe de lado o entretenimento
    Não tenha medo se sua bio não estiver interessante. Atenha-se aos fatos da sua carreira ao invés de inventar histórias para entreter quem vai lê-la. Uma biografia curta mas com fatos marcantes são bem mais interessantes do que longas biografias que tem só encheção de linguiça.
  7. Comece pela sua conquista mais interessante
    Dessa forma você vai amarrar o resto da sua biografia. No geral elas devem ser escritas em ordem cronológica, mas isso não significa que você não possa começar com um fato do meio do seu percurso e voltar para o começo. Plantar pontos importantes no começo da sua história incentiva os leitores a continuar.
  8. Tenha uma meta final
    As biografias podem ter um final bem decepcionante se acabarem de repente. Para isso não acontecer, finalize com um projeto presente interessante, ou com algo que você já está trabalhando para um futuro próximo. Sua última apresentação na pvt Onde Judas Perdeu as Botas pode não ter sido tão legal assim, mas a próxima pool party com aquela atração internacional do momento é uma ótima pedida para fechar seu texto.
  9. Mantenha sua biografia sempre atualizada
    Uma vez que sua bio está espalhada por ai na internet, é bem chatinho de manter tudo atualizado, porém é também muito importante fazê-lo. Promoters, imprensa e selos vão precisar das atualizações mais recentes sobre seu trabalho e você ficaria surpreso em ver a quantidade de material como flyers e sites de eventos com informações desatualizadas de artistas que temos por aí.
    Este é um problema que também afeta grandes artistas, então cuidado!
  10. Resuma quem você é em uma frase
    Algumas redes sociais como Facebook e Twitter não deixam muito espaço para você se descrever, por isso você precisará ser muito sucinto na sua bio curta. Resuma quem você é e o que já conquistou com uma só frase. Exemplo: “ XYZ é produtor musical, residente do club ABC e ocasionalmente coloca pistas abaixo pelo Brasil”.
  11. Evite os clichês
    Não existe nada mais constrangedor e monótono do que ler coisas como:
    – “Ele é amante da música eletrônica…” – Se você não fosse, se tornar DJ seria uma péssima opção de trabalho.
    – “Sendo músico de formação clássica”  – Tocar piano ou violino por 12 anos não torna você um virtuoso da música.
    – “Ele começou a tocar muito jovem, quando descobriu a coleção antiga de vinis de seu pai” – Sério que você se orgulha disso?
    – “Ele explode qualquer pista / Leva seu público à loucura” – Sem exageros, por favor.

QUER CONTAR ALGUM OUTRO CLICHÊ QUE TENHA VISTO EM BIOGRAFIAS DE DJS? DIVIDA COM A GENTE NOS COMENTÁRIOS!

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meu Carrinho

Siga-nos


Assine nossa newsletter

E fique por dentro de nossas novidades e promoções

Formas de Pagamento
Formas de Pagamento