Notícias maschine

Publicado em 07/12/2010 | por Thiago de Lucca

Produção Musical: Qual software escolher?

Se aventurar em uma área até então desconhecida não é tarefa fácil. Muitos novos alunos dos cursos de produção musical têm no curso a primeira experiência em fazer música e não conhecem nenhum dos softwares com os quais trabalhamos.

Para ajudar a todos que desejam se matricular em um dos nossos cursos, deixamos aqui um pequeno perfil de cada software, os prós e contras, as especificidades e alguns usuários notáveis.

Mas antes de qualquer coisa, o mais importante de tudo isso: em nenhum momento diremos “este é melhor, este outro é ruim”. Há diferenças entre as plataformas quanto à forma de produzir, os instrumentos e efeitos, mas o resultado final depende apenas do ser humano. Em todos os softwares serão explicados e ensinados equalização, compressão, mixagem e todos os outros passos da produção musical.

Você alcançará resultados mais satisfatórios com o programa que for o seu perfil, mesmo que ele seja considerado mais simples ou não estiver “na moda”. O que podemos afirmar sem medo de errar é que grandes músicas são feitas utilizando qualquer um dos programas ensinados.

+ Conheça os Cursos de Produção Musical da DJBan

…………………………………………

ableton

O Ableton Live é um dos softwares mais populares no momento e um dos nossos cursos mais procurados. Além de intuitivo, o programa conta com um “guia” que explica todo o seu funcionamento, sendo fácil para novos produtores se aprofundarem nele.

O Live também é bem leve para instalar, armazenar e rodar em qualquer computador, seja Windows ou Mac. Com ele fica fácil encontrar samples e músicas no HD do computador e fazer uma música costuma ser prático e rápido. Pode-se produzir através de pequenos clipes de áudio e midi ou em uma timeline convencional.

A função Warp “arruma” arquivos de áudio no andamento desejado através de transientes, o que permite tocar músicas ou samples com BPMs diferentes e alterá-los em tempo real, sem variar a afinação. Além disso, soltar clipes de áudio em tempo real e bons efeitos ( como simple delay e beat repeat) fazem dessa plataforma uma ótima opção para performances ao vivo.

Como destaque negativo podemos citar a dificuldade para se produzir na timeline e a pouca qualidade de alguns instrumentos e efeitos nativos. Não é muito utilizado fora da música eletrônica (a não ser em apresentações) e no processo de masterização, sendo preterido às vezes também no processo de equalização.

Alguns usuários conhecidos do Ableton Live são Wehbba, com quem fizemos uma entrevista recentemente, Deadmau5, GMS, Ticon e Armin van Buuren, entre muitos outros. Vale a pena uma passada no site da Ableton para um download Demo gratuito.

Veja abaixo a tela de arranjo da música Trauma, do projeto Pe & Ban.

LogicProLogoO Logic Pro é uma plataforma de produção profissional de áudio desenvolvida pela Apple, exclusivamente para computadores da fabricante, os Macintosh. O software é uma solução completa para composição, gravação, edição, produção e finalização de som, sendo utilizado por diversos profissionais da indústria musical, como produtores, músicos, DJ’s e compositores de trilhas sonoras, o que demonstra sua versatilidade.

É muito usado para fazer mixagens e masterização, além de ser bastante conhecido pela qualidade de seus instrumentos e plugins. As telas de trabalho, como arranjo, piano roll e mixer, podem ser destacadas, facilitando a visualização. Por ser bastante completo há muitas peculiaridades e ferramentas pouco conhecidas, como o espaço Enviroment, onde é possível a criação livre de instrumentos e efeitos. O software vem acompanhado de diversos Apple Loops, cerca de 50GB, que são samples de qualidade que se ajustam ao grid sempre, sem precisar arrumar no tempo.

Aliás, algumas atualizações deram nova cara ao programa em sua versão 9. A função Varispeed permite alterar o BPM de toda música, sem desafinar ou precisar arrumar o áudio, como no Live. A função Flex ajusta áudio ao grid da música de forma perfeita, através de transientes. Novos instrumentos e efeitos também são destaque, como os amplificadores e pedais para guitarra, que emulam grandes marcas muito bem.

Como pontos negativos podemos citar uma interface um pouco menos intuitiva que as demais, pouca praticidade para encontrar arquivos de áudio (eu uso o Finder para isso) e um preço mais salgado do que a concorrência, mas que compensa. Vale ressaltar também que é mais pesado que os demais e exige mais do computador.

O Logic é muito usado nomes que utilizam o Logic Pro são Gui Boratto, Swedish House Mafia e Eric Prydz,  mas ele também é muito utilizado por produtores em gravações de estúdio e trilhas sonoras. Temos um post todo dedicado a ele aqui.

*Atualização: No final de 2011 o a Apple disponibilizou o download do Logic Pro completo em seu site, de forma que o valor do mesmo caiu para 200 dólares! Caso queira baixar, é só clicar aqui. Você também pode acessar o site da Apple e conhecer todas as novidades do Logic Studio 9 em vídeo. O vídeo abaixo é um pouco longo, mas muito abrangente.


reason_logo

O Reason é imensamente popular entre produtores de batidas quebradas, mas pode ser utilizado em qualquer estilo. Sua principal diferença em relação aos demais é a produção através de um rack, onde são colocados efeitos e instrumentos. Neste rack é possível fazer diversas experimentações, pois através de ligações por cabos pode-se praticamente ligar qualquer coisa em qualquer coisa! Por exemplo: a saída de um efeito pode estar ligada à entrada de outro efeito e a combinação dos dois ligada a um instrumento. Mas nada impede que outras ligações sejam feita, dando espaço para uma criação bastante livre.

Para quem gosta de construir timbres, experimentar e trabalhar com Midi, o Reason é um ótimo software. Tem bons sintetizadores, bons efeitos, um reprodutor de áudio clássico (Dr. Rex) e uma drum machine muito prática para trabalhar.

O Reason pode ser usado em Rewire com outros softwares (a marca é pioneira no desenvolvimento do protocolo), assim como ocorre com o Live e o Logic, e atualmente estão sendo desenvolvidos plugins especialmente para o programa, os Hack Extensions. 

O Reason inclui uma vasta biblioteca de sons, chamados Refills, que podem ser encontrados ao montes e auxiliam bastante. É bem leve e estável para produzir, mas essas características o tornam uma opção para performances ao vivo também. Quer ver como? Veja o professor Andee utilizando o Reason, tocando sintetizadores do software e utilizando o vocoder ao vivo aqui.

Abaixo um vídeo do top produtor Claude VonStroke, falando sobre o Reason e demonstrando o projeto de uma faixa sua.

Acredito que com estes pequenos perfis e vídeos dá para ter uma boa idéia dos programas e também de que hoje a música é acessível a todos, pouco importando a ferramenta utilizada.

Caso deseje obter mais informações ou fazer sua matrícula, ligue para (11)2854-5870 ou (11)3258-8666. Você também pode mandar um e-mail para geral@djban.com.br ou fazer a matrícula diretamente em nossa loja.


Tags: , , , , , , ,


Sobre o autor

Professor do curso de produção musical com Logic Pro. Coordenador de cursos e conteúdo da Ban.



Voltar ao topo ↑

Google+