Equipamentos no image

Publicado em 11/12/2009 | por Ban Electronic Music Center

13

Equipamentos para DJ, algumas marcas e modelos…

Equipamentos_para_DJMuitos, muitos equipamentos de DJ, muitos botões, muitos mitos e pouquíssimas fontes de informação… Ou a falta de buscá-la ? Não importa! A DJBAN traz a você mais uma vez assuntos relacionados ao mundo DJ, fazendo deste post, a segunda parte do Equipamentos de DJ e SOM, Ser Humano entra onde ?
Acompanhe nesse, algumas marcas e modelos de equipamentos para DJ, seja o tradicional ou DJ digital. É apenas uma pontinha do iceberg, mas que poderá levá-lo a descobertas, etc. Boa leitura!

Começamos com quem ?

TOCA DISCOS, também conhecido como vitrolas, mks, pick-ups, decks, ttx, str, etc

Desde muito tempo, nossos avós já faziam scracth! Sim! E por isso estamos aqui, rodando as bolachas… 1878, Thomas Edison patenteou o primeiro Fonógrafo… O tempo passou com várias coisas parecidas e chegamos as Garrards e seguindo ao ápice da coisa, Technics SL 1200 MK2, criados a partir de 1980 e que são utilizados no mundo todo, como no curso de dj da DJBAN! O toca-discos é um equipamento eletromecânico responsável por captar a informação escrita no disco e transformá-la em sinal elétrico. Um fator muito importante é o tipo de acionamento do prato giratório, que pode ser por polia, por correia (belt-drive) e acionamento direto (direct-drive). O acoplamento por polia é o pior de todos, pois transmite a vibração do motor para o prato e consequentemente para a cápsula fonocaptora. O acoplamento por correia é satisfatório, pois a correia absorve a vibração do motor e não a transmite para o prato. Sua desvantagem está na rápida degradação da correia e se houverem imperfeições nas mesmas, provocarão variação na velocidade do disco. O melhor acoplamento é o direto, pois não depende de contatos mecânicos. Sua desvantagem está no alto custo e complicação dos circuitos eletrônicos de controle de velocidade, por isso, só equipam toca-discos profissionais. A “mk” é um desses! Abaixo, apenas 4 modelos, mas leve em consideração que cada marca pode ter sua linha doméstica e profissional, logo, é complicado você comparar a mais simples de uma marca com a top de outra…

...Pode tocar com qualquer uma.

ttusb_bigt62stanton-bigvestax_pdx3000mix_big

CDJ

O CDJ é usado por DJs para executarem músicas de CDs. 100% da categoria de CD players profissionais para DJs possuem pitch (ação em que é possível aumentar ou diminuir a velocidade da música, de extrema importância para a criação/ realização da mixagem na variação da velocidade de uma música para a outra, leitura rápida das músicas, sem atrasos no “play” (tocar a música) e demais controles, além de display luminoso para facilitar o uso em lugares geralmente escuros. Existem singles e duplos. A maioria dos equipamentos é carinhosamente chamada pelo seu modelo, tal como 100s (CDJ Pioneer 100s), CDJ 200, 1000-mk2, CDJ 1000-mk3, CDJ500, F-2500 Denon, cdj-800, CDN25, CDN-88, Denon Dn-s-1000, s-5000, s-3500, cdj-900, CDJ-400, CDJ-2000, etc. Com o passar do tempo, cada marca ofereceu seu melhor e além da inserção de efeitos, loops, simulação de vinyl, fidelidade e robustez, o caminho hoje é: O CD player NÃO tocar CD e sim controlar o seu software preferido através dos controles dele… Existem inúmeros DJs que levam a fundo o fato de “DJ tem de saber tocar com Vinyl”, sendo muitos deles os que não sabem tocar em CDJ. E aí ? Se cada um olhar para sua calda, melhor!

Alguns Modelos de CDJ…CDJ-500S

cdn88 duplo
CDJ_200Denon s5000

cdj800cdj-2000

MIXER

O Mixer é “no popular” a mesa do DJ. Com ele, você terá condições de controlar volumes e frequências sonoras das músicas que estiver tocando por canais separados ou seja, o fator “mixar – de misturar” esta entre poder aumentar ou abaixar o volume de uma ou outra, ou juntar ambas. Uma das grandes contribuições para nós DJs, em se tratando de mixer foram as criações do equalizador por canal (desse modo você pode inserir ou diminuir o quanto de grave, médio e agudos quer na música) e o crossfader (botão que possibilita mixar (juntar) duas músicas simultaneamente sem a necessidade de mexer nos volumes, passando de uma música para a outra). O mixer pode ter dois, três, quatro, cinco canais, etc. Pode ter efeitos ou não, equalizador por canal ou não, booth (volume de uma outra saída, o sistema de retorno do DJ por exemplo) ou não, contador de bpm (batidas por minuto) ou não e inclusive não ter knobs deslizantes em alguns modelos, que para muitos “DJs” isso é coisa do outro mundo. Investir em você pode significar dar dois passos para trás para poder dar um para frente.

dxm09_BIG

3 canais, efeitos, no bug! se você só toca com marcas…

PMC-CX

o preferido do carl cox

stanton_m202_principaldjm800

FONES DE OUVIDO

Primeiro, perdão por não termos seguido com as partes que ficamos devendo sobre fones de ouvido, mas sabe como é né. Estava fazendo “fezinhas” e acreditava não precisar escrever mais… Dá uma lida no post, que embora paramos na parte 1, esta bem legal e por incrível que pareça, como a maioria deles, bem atual. É normal você estar num post que esta tudo explicado e no mesmo ler 50 perguntas do que aborda-se o post… Isso é NÃO investir em você, e apenas ficar na bota do vizinho sempre!

VINYL OU CD ? SURGIRAM OS TIME CODE TRAKTOR SCRATCH PRO, SERATO, TORQ CONECTIV, etc.

Esta briga é velha… O vídeo abaixo, na minha opinião, é o que melhor retrata sobre o assunto:

E o que tem a ver esse assunto ? Pois bem. Se você não sabe, foi uma briga muito acirrada o fator “sair do vinyl para o cd” já que o vinyl sempre foi a mídia preferida dos DJs e ainda por muitos o é. Diminuiu quando alguns grandes nomes começaram a aparecer no Brasil com suas pastas de CDs. Enquanto isso, comendo pelas beiradas, algumas empresas buscavam uma solução para que o DJ continuasse “tocando” no vinyl, mas da maneira mais prática que é a de comprar a música hoje e já poder tocar. Terminar a produção da música e experimentar hoje a noite… Surgiu então os simuladores de vinyl e cd. Primeiro, da junção das grandes Native Instruments + Stanton, o FINAL SCRATCH 1.0, depois o 1.5 e ao lançamento do 2.0 (com a promessa de não dar mais bugs), surge o grande concorrente, que lideraria o mercado nesse segmento: do fabricante Rane, SERATO SCRATCH LIVE. A poderosa M-Audio prometeu então, a um custo menor, oferecer algo a altura do Serato mas já era tarde, embora até hoje o TORQ CONECTIV ainda esteja firme e forte no mercado. A Numark lançou o VIRTUAL VINYL e o Atomix veio com o VIRTUAL DJ, que embora não tenha representação no Brasil, é ainda com certeza o campeão de uso doméstico. A Native Instruments e Stanton ficaram de mal e seguiram só, tendo a NI apresentando em 2007 o Traktor Scracth e Nov/08 o TOP TRAKTOR SCRATCH PRO e o último, TRAKTOR SCRATCH DUO (menor mas ainda melhor que os concorrentes!)

Embora o post exista desde 2007, essa é a pergunta que mais respondemos: Qual a diferença entre Serato e Traktor ? Vem aí o Post novo em 2010!

CONTROLADORES, SIMULADORES:

Uma das formas mais em conta, além da praticidade que é necessária a eventos de menor porte aliando custo benefício, entram os controladores. E aqui, podemos citar exemplos daqueles que utilizam softwares e também dos que não utilizam:

TORQ XPONENT (M-Audio)
Ele é TOP de vendas não por acaso, afinal, se comprado via revendas legais Quanta Music como a Loja Vip DJBAN, você tem UM ANO de garantia e suporte técnico. É robusto, fácil de usar, de tamanho médio e já tem placa de áudio. Ligado via USB, ele será o controlador das suas músicas, como se tivesse tocando com dois CD Players, ainda com a função vinyl… Vem com o softtware Torq, que é bem intuitivo, mostrando na cara do mesmo dois lados onde o A será a música UM e no lado B, a música DOIS.

BCD 2000, 3000 (Behringer)
Custo benefício e o controlador doméstico mais utilizado no mercado. Embora uns amem e outros detestem, ele segue. Por já ser integrado com placa de áudio, facilita. Se é esse que você pode ter, sem erro, mas impossível dizer que se enquadra num equipamento profissional. Conheço muitas pessoas que tem e são sensatas em saber não dá para um equipamento nesse valor ser o melhor controlador, a melhor placa de áudio e o melhor software, no entanto, são profissionais no quesito “tirar proveito” do que se tem.

TOTAL CONTROL (Numark)
Enquadrando-se na categoria semi profissional, o Total Control é um excelente controlador, cujo qual vem acompanhado do software CUE (Virtual DJ) e do TRAKTOR LE (ugh!). É ligado via USB e não tem placa de áudio, logo, você necessitará comprar uma para poder ter além da saída do áudio com qualidade, também a pré-escuta. Na própria caixa do produto, é indicada a DJ IO, do mesmo fabricante.

VCI 100, VCI 300 (Vestax)
São controladores profissionais, com a diferença de que o VCI-100 não tem placa de áudio, não vem com software e o VCI-300 vem bem servido nesse sentido, com placa e o Serato Itch. Também são ligados via USB. Totalmente profissionais, certeza! Onde comprar ?

iDJ e iDJ2 (Numark)
O primeiro se engloba num aparelho doméstico e o segundo semi profissional. Não necessita Notebook, portanto não usa software. HD externo, pen drive, iPod ou até mesmo poder ligar um CDJ ou Toca Discos em suas entradas.
-“E é possível tocar duas músicas do mesmo pen drive?” Sim, a resposta é SIM!

DMIX-300 e DMIX-600 (Cortex)
Também se englobam em equipamentos semi-profissionais na categoria de controladores simuladores onde as músicas podem estar no HD externo, pen drive, iPod ou até mesmo ligando um CDJ ou Toca Discos em suas entradas. A diferença entre um e outro são os efeitos (DMIX600 possui). Também não precisa de notebook e claro, a música não vai pular como num CD.

X-SESSION PRO

O controlador X-Session Pro USB MIDI é a resposta para os que procuram um controlador inteligente e simples para DJs em uso ao vivo, apenas com uma conexão USB você terá controles dedicados a volume, pitch, EQ, cueing, play/stop e crossfader. Controle aplicativos como Live da Ableton, Traktor DJ Studio ou qualquer outro que suporte o recurso MIDI Learn, proporcionando criar crossfades e aplicar filtros ao vivo ou e em estúdio.
Pergunta frequente 1: Posso usar com qualquer software ? Resp: Sim, desde que você “mapeie”.
Pergunta frequente 2: Onde coloco o fone de ouvido ? Resp: O X-Session pro é apenas um controlador, onde dependendo da ação que você vá fazer, necessitará de uma placa de áudio.

x-session_pro

NUMARK NS-7

Esse é o “cara” do momento! Já temos vários posts sobre a grande sacada da Numark e inclusive dois vídeos review para você saber tudo sobre o NS-7.
Confira um dos posts aqui e o outro com os vídeos aqui.
numark-ns7-dj-controller.

CONTROLADORES CDJ-400, CDJ-900, CDJ-2000 (Pioneer)
A grande pergunta é: “E ainda tocam CDs?”- Sim, tocam… Mas a grande sacada desse novo conceito é também ser um controlador ou seja, NÃO ter a necessidade de usar CDs para tocar o som. Como ? A primeira resposta que vem a mente é a de usar Pen Drives, mas esses equipamentos vão além. Você utiliza o CDJ como um CDJ (apertando os botões de comando), mas controla o software que “conversa” com esses CD Players. Facilita e muito no que tange a sistemas como Traktor Scratch Pro e seus parentes pois evita cabos e mais cabos e ou calibragens… É o presente! Veja mais vídeos.

SOFTWARES:

Muitos DJs passaram a fazes sets com o uso de softwares, utilizando-se de controladores (ou não!). Traktor DUO, Traktor PRO, Virtual DJ, citados acima e muitos outros também são muito utilizados por DJs que não necessariamente utilizam CDJs, Toca-Discos, etc. Mas um em especial requer mais atenção e investimento no aprendizado.

Ableton Live é o número UM e é excelente, claro, ao ponto de inserir quantas tracks você quiser simultaneamente, mas como tudo não são flores, há a necessidade de se fazer uma lição de casa antes de sair mixando 10 músicas ao mesmo tempo, sendo o “warp” esse camarada, cujo qual você precisa aprender e se adaptar. Mas o que é warp ? INVESTIMENTO EM VOCÊ, lembra ?

live7

Quer Mais sobre esse assunto ??? Investir em você é procurar saber mais, se informar mais…
Post de 2007 – Midi, a revolução sem volta Parte 1
Post de 2007 – Midi, a revolução sem volta Parte 2
Sim Amigos… Tem coisas que nem chegaram no Brasil ainda. Talvez nem venham…


Tags: , , , , , , , , , , ,


Sobre o autor

A Ban é uma empresa multifacetada, fundada em 2001 e sediada em São Paulo. Entre as áreas de atuação estão cursos, loja, estúdios, palestras, locações de equipamentos e sonorização de eventos, além de produção editorial e audiovisual.



13 Responses to Equipamentos para DJ, algumas marcas e modelos…

  1. lucas says:

    cara eu estou tentando aprender ser dj com esses videos desse saite mais ainda num estou conseguindo pegar o ritmo
    obs: o site de voceis é muito irrado (muito bom)
    valeu!!!!!

  2. wilson says:

    boas…. tenho uma questao agredicia imenso a que me coseguisse ajudar….. Tenho 2 denons s3500 e a minha ideia é ir buscar o audio 4 Dj (traktor) , mas o problema é que os meus denons nao tem MIDI…logo será que mesmo sem midi, se os ligar ao traktor os botoes serao compativeis com o traktor ??? ou so me vao servir de leitura por causa dos timecodes??(playback)

  3. joege says:

    maravilha

  4. DJ KABIDINHO VR says:

    Gostei muito da matéria fiquei interessado nos NUMARK NS7….

    Estou iniciando minha carreira agora e quero comprar um equipamento excelente pra mim, POIS eu estou com duvida entre O NUMARK NS7 E O TRAKTOR KONTROL S4

    Por favor galera, quem saber a melhor opçao pra mim comprar me mande um email ou me add no msn:
    dj_kabidinho@hotmail.com

    Futuramente vou fazer curso de mixagem, e se Deus quizer mais pra frente do ableton e entre outros …

    GALERA ME AJUDA AI !! POR FAVOR

  5. Dj Cachä says:

    Excelente texto, Denison!

    Melhor coisa que fiz antes de comprar os equipamentos foi o Curso Básico de Mixagem. Próximo curso: Ableton Live!

    Abraços

  6. dj chicão says:

    Acho que ainda vão inventar uma mesa controladora completa com tela de lcd(dispensando o uso do notebook)com hd interna,placa de som,e varias entradas…do jeito que a coisa anda..não duvido muito..rsrs.abraços galera!!!

  7. Felipe says:

    para usar um controlador e nescessario um notebook? noa entendi?

    por favor me ajudem?/

    obg

  8. SEM DUVIDA E O MEU SONHO DE CONSUMO ESSES EQUIPAMENTOS

  9. fernando says:

    Bem, eu estou querendo comprar uma pick up e receiver(semi profissional) para escutar meus discos mas queria saber quais modelos poderia m me dar uma boa qualidade de som.

    Desde já agradeço
    Fernando

  10. Greice schreiner says:

    estou com duvidas em comprar a aparelhagem tenho um certo conhecimento no ramo mas tenho duvidas em o que realmente é necessário para fazer um som ,iluminação ,efeitos sonoros e visuais legais que todos gostem e vão a loucura e o mais importante que faça a drena de todos subirem o que devo comprar ,e qual é a melhor marca valeu um mega bjo a todos

  11. Thiago says:

    Vale ressaltar o comentário sobre o TORQ Xponent. Comprei na DJBAN e por um azar o meu veio com um defeito. Sem piscar os olhos a galera da DJBAN trocou na hora por um novo, zero, sem problemas. Vale o investimento. Pense bem antes de comprar produtos sem garantia.

    Valeu pessoal da DJBAN.

    Thiago

  12. djkaffman says:

    Bela matéria mestre Bunnys bem explicado Parabens!!!!!

Voltar ao topo ↑

Google+