Contatos: (11) 3142-9676 / 3257-8717 / WhatsApp: (11) 97485-5700 - Seg. à Sex. das 09h00 às 22h00 e Sáb. das 09h00 às 18h00.

GarageBand ’11 tem aprimoramentos para músicos e produtores.

Essa semana a Apple lançou o GarageBand 2011, juntamente com o pacote de aplicativos iLife’11. Para quem não conhece, o GarageBand é um aplicativo simples, intuitivo e com muitos recursos.

Ele pode ser considerado a vesão simplificada do Logic Pro, pois há várias funções derivadas do software profissional, como trabalhar com áudio, midi e partitura, ser compatível com apple loops, possuir atalhos semelhantes, grid, piano roll e alguns mesmos efeitos, entre outras coisas.

É um ótimo programa para quem não conhece nada de produção musical e vem acompanhado de excelentes tutoriais e até aulas para aprender a tocar instrumentos. Com certeza eu recomendo, mas devo alertar que ele tem suas limitações e não deve ser comparado ao Logic, Live, Pro Tools…

Voltando ao lançamento, mais uma vez o GarageBand aliou as melhores tecnologias à ferramentas intuitivas, o que é fundamental para quem não quer complicação, mas deseja boa qualidade em seus trabalhos. As principais novidades são: Flex Time, Groove Matching e How Did I Play?. Há também novos amplificadores, efeitos e novas aulas.

Flex Time

O Flex Time é uma ferramenta que permite ajustar áudio ao grid do programa (pode ser vocal, bateria, piano, qualquer coisa). A técnica se assemelha ao Warp do Live e seleciona transientes que ajustam todo o áudio. Isso facilita muito na hora de trabalhar com samples de voz e fazer remixes.

Groove Matching

Esta é uma forma eficiente de colocar diversas faixas de áudio no tempo, com apenas um clique. Se uma banda tocou muito mal em determinada gravação, mas o baterista esteve sempre no tempo, basta selecionar a faixa de bateria como Groove Track e pronto, as outras faixas se ajustam ao tempo da que você escolheu (no caso a bateria).

How Did I Play?

Um upgrade legal nas aulas (na versão nova há vídeo aulas de guitarra, além de piano), pois agora você pode assistir ao instrutor, tocar seguindo o metrônomo e acompanhar seus acertos e erros na tela.

Efeitos e Amplificadores

Foram feitos também alguns ajustes providenciais, como monitoração de entrada em canais de áudio, botão de ativação de loop mais visível e alguns ajustes para a interface ficar ainda mais amigável ao usuário. Foram adicionados também 7 novos amplificadores, iguais aos do Logic, ou seja, excelentes emuladores das marcas reais.

O aplicativo ainda conta com novos agrupamentos de efeitos, o que facilita bastante quem não conhece produção profundamente, mas sabe o que quer pela descrição de cada efeito. A maioria dos efeitos e os próprios amplificadores são voltados para guitarras, mas podem ser usados em qualquer ocasião.

Onde encontrar?

Você pode comprá-lo no site ou nas lojas físicas da Apple, porém ele só é vendido junto com o pacote iLife ’11. É bom lembrar que o pacote já vem com os computadores Mac, não sendo preciso comprá-lo nesta ocasião. O iLife com 5 licenças de uso pode ser encontrado por 189 reais enquanto apenas uma licença sai por 119 reais.

Veja abaixo o vídeo da Apple que demonstra tudo o que eu escrevi sobre o GarageBand’11.

A DJ Ban é uma empresa fundada em 2001 e sediada em São Paulo. Entre as áreas de atuação estão cursos, loja, TV, estúdios para treino e gravação de sets, palestras, locação de equipamentos, eventos, e outras atividades ligadas a música eletrônica.

Compartilhe este post:



Pesquise no Blog:



Categorias do Blog



Conheça a Ban em um minuto